Nos acréscimos, Duque de Caxias arranca empate contra o Campos

Tricolor da Baixada fica atrás do placar duas vezes, cresce no segundo tempo e soma mais um ponto na Série B
Por William Farias (Assessoria de Imprensa)
04/06/2016 - 20h22
No fim, Duque de Caxias empata com Campos 
(foto: Anderson Lima/Agência AMS)

Duque de Caxias e Campos se enfrentaram no sábado (04) pela sétima rodada da Taça Corcovado, no Los Larios em Xerém. Em jogo disputado até o último minuto, as equipes empataram em 2 a 2, com gols de Erick Foca e Igor Claudiano para o Duque, Miguel e Washington para o adversário. O resultado fez o Tricolor subir uma posição no Grupo B, chegando a 11 pontos, na terceira colocação.

O próximo jogo do Tricolor é na quarta-feira (08), contra o Angra dos Reis no estádio Jair Carneiro Toscano de Brito, na Costa Verde, às 15h. Será a última partida do Tricolor na fase de grupos da Taça Corcovado.

O JOGO

O primeiro tempo de Duque de Caxias e Campos foi muito equilibrado, apesar da vantagem do time do Norte Fluminense. As duas equipes buscavam o ataque pelos flancos: o Duque pelo lado direito do ataque e o Campos pelo esquerdo. Até a parada técnica as duas equipes tinham arriscado pouco.

Após os 20 minutos iniciais, os times voltaram a campo mais agressivos. O Duque aproveitava as jogadas de habilidade de Flávio Caça Rato e o Campos o contra-ataque nos espaços que o Gigante Tricolor da Baixada oferecia. Aos 45 minutos, em uma jogada rápida de contra ataque, o Campos acabou abrindo o marcador, com Miguel.

Na segunda etapa, um outro jogo, que começou a todo vapor. Logo aos três minutos, Igor Claudiano sofreu pênalti. Erick Foca cobrou bem e igualou o placar no Los Larios. Porém, no minuto seguinte, Washington, do Campos, colocou o Roxinho na frente novamente.

O Duque foi guerreiro. Atacava pelo meio campo, levando perigo nas combranças de falta e chutes de longa distância de Gean Miller. O Campos, com a vantagem, se aproveitava dos contra-ataques e também levava perigo para o goleiro Bernardo. Aos 20 minutos, Gean Miller arriscou uma bomba do meio da rua e a bola tocou o pé da trave do goleiro Bambu

O técnico Cássio Barros promoveu alterações: sacou Erick Foca e Wesley, mandou a campo Rhau e Magdiel, respectivamente. Timidamente, o Duque crescia com as jogadas de habilidade de Flávio Caça Rato. Aos 45 minutos, após boa troca de passes na entrada da área adversária, Igor Claudiano recebeu livre de marcação na grande área. O camisa 5 teve calma para bater na saída do goleiro Bambu e deixar tudo igual.

Após o empate, o Duque continuou pressionando o Campos. Em jogada pelo lado esquerdo de ataque, Magdiel achou Rhau. O camisa 17 bateu na saída do goleiro e o zagueiro adversário tirou em cima da linha, salvando a derrota do Campos e impedindo a vitória do Duque de Caxias.

FICHA TÉCNICA
Duque de Caxias 2x2 Campos - Taça Corcovado, 7ª rodada do Grupo B

Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)
Data/Hora: 04 de junho de 2016 às 15 horas
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Assistentes: Carine Belmont Nascimento de Moraes e Rachel de Mattos Bento

Duque de Caxias: Bernardo; Carlinhos, Thiago Eleutério, Cayo e Wesley (Magdiel, 39'/2ºT); Gean Miller, Igor Claudiano, Daniel Marins e Dhiego Lomba; Flávio Caça Rato e Erick Foca (Rhau, 30'/2ºT). Técnico: Cássio Barros.

Campos: Bambu, Vinicinho, Leandro, Claiton, Sanderson, Jadinho, Júnior Pagode, Vinícius Paqueta, Washington (DG, 40'/2ºT), Gilmar e Miguel (Maranhão, 34'/2ºT). Técnico: Rafael Soriano

Cartões amarelos: Gean Miller, Cayo e Thiago Eleutério (DUQ);  Leandro (CAA)

Gols: Miguel, 45'/1ºT (0-1); Erick Foca, 5'/2ºT (1-1); Vinícius Paquetá, 6'/2ºT (1-2); Igor Claudiano, 45'/2ºT (2-2)

Público: 238 pagantes (92 presentes)
Renda: R$ 1.945,00